Um dia em Inhotim: o maior centro de arte ao ar livre da América Latina - Do papel para o mundo

12 de novembro de 2017

Um dia em Inhotim: o maior centro de arte ao ar livre da América Latina


Quem gosta de artes, natureza e um bom passeio vai adorar conhecer o Inhotim, em Brumadinho- Minas Gerais. Eu visitei o local e pude sentir a experiência de andar ao ar livre rodeada por paisagens inspiradoras e galerias de artes incríveis. O museu funciona terça, quinta, sexta, sábado, domingo e feriado e o ingresso custa R$ 44,00 (inteira). Na quarta (exceto feriado) a entrada é gratuita. De terça à sexta fica aberto das 9:30 h às 16:30 h, e sábado, domingo e feriado de 9:30 h às 17:30 h. 

A dica é ir preparado pra andar muito! Ou seja, vá de roupa confortável e com garrafa d'água, pois lá tem vários bebedouros espalhados. Outra coisa maravilhosa por lá também são os bancos de madeira do designer Hugo França! Um convite a relaxar quando as pernas não aguentam mais.
Atenta e com mapa na mão que o lugar é grande!


Muito verde por todo lado é o que não falta nesse programa

Aquela foto legal que você tira com seu amigo e parceiro de viagem

Onde ir: 

Restaurante Oiticica

Ambiente agradável, charmoso e com vista para o lago. Oferece refeições self-service por R$ 43,00/kg durante a semana e R$ 49,00/kg nos fins de semana e feriados. Aceita cartões Visa, Mastercard e American Express.


Linda do Rosário- Adriana Varejão

Essa exposição leva o nome do hotel Linda do Rosário, que desabou em 2002 no Rio de Janeiro, deixando um casal morto e encontrado nos escombros. A artista, Adriana Varejão, recriou uma parede quebrada simbolizando a violência com imitações de órgãos, carne e sangue. 

Troca-Troca- Jarbas Lopes

Essa obra é composta por três fuscas coloridos (apesar de na foto só ter um) com peças trocadas entre si para a contemplação.

Piscina- Jorge Macchi

É isso mesmo, você não está louco, tem uma piscina no Inhotim, e o melhor: pode mergulhar nela, ou se preferir, faça que nem eu e apenas fique sentada nas bordas, tranquila, molhando os pés. As letras lembram uma agenda com índice alfabético.

Viewing Machine- Olafur Eliasson

Essa obra funciona como um caleidoscópio e tem seis espelhos que formam um tubo hexagonal, gerando um efeito pelo reflexo da luz, o que proporciona fotos bem legais.

Eu no Viewing Machine

Beam Drop- Chris Burden

Escultura enorme com 71 vigas de construção. Dá pra reunir os amigos e fazer várias fotos.

Elevazione- Giuseppe Penone

Uma árvore suspensa feita de bronze com outras árvores de verdade ao seu redor. 

Narcissus Garden- Yavoi Kusama

Exposição com várias bolas de aço que são empurradas de acordo com a força do vento e movimento da água e remete ao mito de Narciso, que se encanta pela própria imagem. 

Cosmococa- Hélio Oiticica & Neville D'Almeida

Aqui encontramos uma sala com redes de descanso, balões de bexiga espalhados pelo chão, colchões infláveis, músicas psicodélicas tocando ao fundo enquanto imagens de famosos da cultura pop refletem na parede, e piscina iluminada com luzes neon e uma água muito gelada, mas que dá pra molhar os pés. O motivo de tudo isso? Provocar sensações que são obtidas com o uso de substâncias alucinógenas, como a cocaína. Uma verdadeira viagem.

Celacanto provoca maremoto- Adriana Varejão

Outra exposição da artista plástica brasileira Adriana Varejão. Um painel de azulejos azuis inspirados na arte barroca e na azulejaria portuguesa.

Continente/nuvem- Rivane Neuenschwander

Uma obra instalada numa pequena casa, toda branca. Pequenas bolas de isopor se movem sobre o teto de forro transparente ativadas por circuladores de ar que formam desenhos como nuvens no céu. Uma casinha bem bonitinha pra ficar por Inhotim. Haha.


Loja Design

Para umas comprinhas entre um passeio e outro existe essa loja cheia de coisinhas úteis e  pra presentear alguém. Os preços são um pouco salgados, mas vale a pena pesquisar, pois é bem capaz de encontrar algo que te agrade. De resto, boa viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário