As idas e vindas da vida - Do papel para o mundo

26 de janeiro de 2018

As idas e vindas da vida

É engraçado pensar em como as pessoas entram e saem de nossas vidas. Passamos dias, semanas, meses, às vezes anos ao lado de alguém que nos faz rir, divide a pipoca e o estresse diário, e um certo dia você olha pro lado e não a vê mais. Todos os sonhos divididos, as angústias e conversas de fim de tarde passam a ser apenas lembranças. Doces momentos guardados no coração.

Parece até brincadeira do destino, que tenta te plantar um vazio. Mas é verdade, e você sabe disso. É preciso aceitar as idas e vindas da vida, que joga com a gente feito baralho. Ao caminhar perdemos cartas, ganhamos algumas outras e nos vemos no meio de estratégias. É assim mesmo.

Mas então você chora, porque na verdade, você não aceita. Não é somente uma companhia que se vai, são memórias de alguém que a partir de agora deixa de caminhar ao seu lado. É claro que o ideal é pensar no hoje, porém, é impossível não se perguntar como será o amanhã. A quem você irá recorrer quando precisar de um conselho ou quiser contar sobre a última novidade? De repente você se vê sem chão. As coisas serão diferentes.

Os lugares ainda terão rostos, mas no meio da multidão, você irá procurar por um em específico, e não encontrará, porque ele se foi. O que te resta agora? Nada. Nada além de desejar insanamente para que todas as cores do universo formem um arco-íris no horizonte de quem se vai. Porque ela, essa pessoa, te viu chorar, mas também te viu sorrir intensamente. Então que todos os sentimentos verdadeiros pairem sobre o céu dela, e que por onde andar, cruze com a felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário