Corpos criticados e o porquê você deve se amar como é - Do papel para o mundo

26 de fevereiro de 2018

Corpos criticados e o porquê você deve se amar como é

Olá, amore, tudo bem? O post de hoje é pra você sair do armário repressor estético! Porque boa parte das mulheres estão lá, presas, tentando se aceitar dos jeitos mais torpes possíveis, ao partir da ideia de que pra ser bela tem que seguir o manual das revistas de moda e tutoriais das musas fitness. 

Porém, até mesmo as celebridades consagradas com o título de musa sofrem com a pressão por uma estética utópica considerada perfeita. Além do seu trabalho como atriz, cantora ou youtuber, uma mulher precisa ser atraente aos olhos da maioria - sobretudo dos homens, e isso interfere no modo como o julgado, neste caso, a julgada, se vê e age em relação às criticas recebidas. 

Neste carnaval, Bruna Marquezine foi alvo de comentários nada sutis sobre os seus seios, com comentários como "caídos", e "precisa de silicone". (Sim, há pessoas que perdem o seu valioso tempo tomando conta dos seios dos outros, acredite). Mas bem, o que acho importante debater é: falaram que a Bruna, precisava colocar silicone porque ela tinha dinheiro, mas em momento algum questionaram se ela era infeliz com a sua anatomia natural. Ninguém ligou pra ela e perguntou: "Oi, miga, o que você acha de aumentar esses seios?" (Até porque isso seria estranho). Enfim, as pessoas apenas decidiram que ter seios caídos não é legal e opinaram sobre o que a atriz deveria fazer para lidar com isso. 

Contudo, porém, todavia e entretanto, ignoraram totalmente que: Mulher nenhuma precisa da opinião de ninguém pra saber o que ela faz ou deixa de fazer com o corpo dela. E se ela quiser ela pede tal opinião. Ponto. Eu tenho dificuldades de entender a dificuldade que as pessoas têm acerca disso, mas okay. 

Além do que, Bruna não foi a primeira famosa julgada por seu corpo. Tatá Werneck, além de ser sempre lembrada por sua altura (1,52 m), também já recebeu indireta em rede social sobre o uso de um possível photoshop. A foto publicada em questão pela atriz foi alvo de muitos elogios, porém, um internauta atento percebeu que o bumbum de Tatá estava  grande e empinado demais. Em sua ótica, havia ali uma fraude, o que foi negado pela humorista.
Bem, a lista de famosas que já tiveram alguma parte do seu corpo criticado é extensa, e não cabe aqui analisar caso por caso. Então eu apenas peço, que você que me lê através deste blog pare e se pergunte: Eu me amo? Não nas fotos, não pelas suas qualidades intelectuais e artísticas, mas pelo seu corpo, que está com você 24 horas por dia. Você o aceita como é ou se pudesse mudaria algo? E o que mudaria e por que mudaria? Será que você realmente não gosta do seu corpo ou te disseram que você não deve gostar?

É uma reflexão que deve ser feita no intuito de buscar na essência de cada uma de nós um sentido que nos move. E eu espero, de coração, que o seu sentido seja o amor próprio. Porque sim, você é linda, gorda ou magra, baixa ou alta, com celulite, com estria e o que mais o mundo disser que é errado. Você só precisa se olhar no espelho e entender isso, de dentro pra fora. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário