É preciso tirar um tempo para nós mesmos - Do papel para o mundo

13 de julho de 2018

É preciso tirar um tempo para nós mesmos

Que a vida passa rápido isso a gente já sabe. Mas o que a gente faz pra aproveitar da melhor forma o nosso tempo? Eu diria que muitas vezes nós não fazemos nada. E isso é preocupante. Viver sem propósito, sem sonhos e esperança é o mesmo que não viver. O que você espera para o amanhã? Você espera algo?

Às vezes cansa, sabe? Ter que acordar e fazer sempre as mesmas coisas. Levanta, toma café e cumpre um emaranhado de afazeres. Dorme, risca os itens da lista e no dia seguinte faz tudo de novo. A monotonia pesa nas costas e uma hora ou outra nos faz ter vontade de desistir de tudo. Afinal, por que fazer um monte de coisas que não te agrada? Pois é, a gente acaba fazendo.

Mas por que disso tudo? Por que percorremos os caminhos mais torturantes pra chegar, quem sabe, na felicidade? Bem, sinceramente, eu acho que a gente não pensa. E é aí que está o problema. Levar a vida no automático é o modo mais fácil de viver, por mais que seja desgastante. Ao menos não faz a gente ter que pensar nos nossos objetivos. Porém, nos rouba o tempo, que passa a correr no relógio enquanto percebemos que a vida se torna cansativa à medida da repetição. Isto é, quando passamos a levá-la como num manual. A gente perde tanto e nem se dá conta.

Entretanto, cada instante é momento para a mudança. E pra isso, eu te digo, é preciso pausa. Que tal pensar um pouco na vida? No que você quer, de verdade, com ela. Se permita fazer o exercício de se desconectar das redes sociais e respire. É essa a vida que eu quero? Não? Então o que me falta e o que eu posso fazer hoje pra avançar um degrau que seja? São perguntas importantes e que não devem ser ignoradas. Se preferir, anote. Anote como num mapa tudo o que você deseja e até aquelas coisas que já não merecem mais ocupar um espaço ao seu lado. Esse será o seu guia para a felicidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário