Você respeita o seu tempo? - Do papel para o mundo

20 de julho de 2018

Você respeita o seu tempo?

Não sei você, mas eu tenho refletido muito sobre o tempo, e sobre como a gente gasta ele, às vezes, com coisas tão insignificantes. Paro, penso e chego à conclusão de que é preciso viver com intensidade ao lado de quem amamos e sempre buscando nos conhecer um pouquinho mais. 

Porém, se engana quem pensa que viver com intensidade é fazer tudo ao mesmo tempo, aproveitar cada segundo como se não houvesse amanhã. Bem, até é importante extrair o máximo da vida, mas do que adianta fazer um monte de coisas sem significado algum? No fim a gente esquece que produtividade e qualidade devem sempre andar juntas.

Mas então, Bárbara, o que é viver com intensidade? Pois bem, eu diria que é agir de acordo com o nosso tempo (e não confunda isso com procrastinação), é respeitar o nosso psicológico antes de fazer um monte de trabalhos sem nem pensar, é respirar com tranquilidade. 

Às vezes a gente faz tanta coisa, que no fim não faz nada. Ao menos nada do que gostamos, nada do que queríamos estar fazendo. É fundamental ter um tempo pra si, todos os dias. Isso não deve ser um luxo, é uma necessidade humana. É essencial que a gente entenda que cuidar de nós mesmos deve ser um prazer preciso. Lavar o cabelo com nosso shampoo preferido e sentir aquele cheirinho agradável, passar creme no rosto, ler um livro por escolha e não apenas o que consta na bibliografia da faculdade. Respeitar o nosso tempo é uma regra valiosíssima de amor próprio

Nenhum comentário:

Postar um comentário