Motivos para ter um bullet journal - Do papel para o mundo

28 de janeiro de 2019

Motivos para ter um bullet journal

Motivos para ter um bullet journal
Olá, tudo bem? Como está esse fim de janeiro, tudo fluindo bem? E a organização, como vai? Ou nem vai? Por aqui, tudo certo, e o meu bullet journal enfim vivo! Pois é, uma hora os sonhos da princesa de ter uma vida bem planejada se realizam. Mas pera, o que é esse tal de bullet journal? Não sabe? Vem que eu te explico!

Para início de conversa...
Bullet journal é um método de organização criado pelo designer austríaco Ryder Carroll. Se trata de um caderno livre, sem sequer aquelas datas que costumam vir em agendas, sabe? A ideia é justamente que a gente faça algo do zero, e pra isso vale usar a criatividade.

Mas bem, se a sua criatividade não for lá muito explorada, não tem problema! O que não faltam são inspirações na internet. E é esse mesmo o melhor jeito de começar - olhando os "bujos" de outras pessoas. Algumas referências na área e que eu gosto muito são a Marina Viabone e a Marina Agostini. Essas Marinas são demais, e você pode acompanhar o trabalho delas pelo Youtube, Instagram e Pinterest. Inclusive, essas são redes essenciais pra ficar por dentro do assunto.

Pra seguir já!
Marina Viabone (@marinaviabone)
Pinterest da Marina Viabone

Marina Agostini (@marinaagostini)
Pinterest da Marina Agostini

E pra me seguir no Pinterest e ter mais inspiração, é só clicar aqui

E qual caderno usar?
@barbaradopapel
Minhas páginas de filmes e canais no Youtube
Uma das tarefas mais importante na sua jornada rumo à organização, ou talvez a principal é comprar seu caderno para bullet journal. Geralmente é utilizado cadernos tipo moleskine pontilhado ou sem pauta alguma, como é o meu caso. Aí fica por critério pessoal, mas o que preciso dizer é: não se prenda à perfeição em momento algum, e isso vale tanto para o processo em si de escrita e personalização, quanto à escolha do modelo da sua agenda. Faço questão de falar isso porque elas não costumam ser lá muito baratas, girando em torno de R$50,00 e R$100,00. Mas existem opções bem mais em conta pra quem não se importa com marca, por exemplo. Basta pesquisar.

Por fim, os motivos pra você ter um bullet journal pra chamar de seu
Meu bullet journal
Meu bullet journal de agosto
*União de afazeres em um só lugar
Ter um bullet journal significa ter o controle da sua vida na palma das mãos. Afinal, em um só lugar é possível guardar senhas, anotar datas importantes, planejar objetivos, visualizar calendário e muito mais. 

*Personalizável
Por ser uma agenda livre fica bem mais fácil deixar tudo com a nossa cara, do jeitinho que gostamos. Escolhemos a cor, o layout e o que terá no bujo, o que torna o método de organização algo único. 

*Inspirador
Pra ter ainda mais graça, o bullet journal pode ser um espaço bem inspirador. Dá pra criar páginas de gratidão, filmes do coração, músicas favoritas, frases e o que mais você desejar.

*Monitoramento de metas e hábitos
Eis a parte mais vantajosa desse método de muita utilidade - monitorar metas e hábitos. Sabe aquelas listas que a gente faz no início do ano ou quando dá na telha e ficam todas jogadas por aí? Agora é a vez delas ficarem todas em um só lugar, e assim nunca esquecer dos seus propósitos. Outro benefício é poder estar sempre em contato com seus hábitos, que podem ir desde beber dois litros d'água e usar protetor solar diariamente a ser uma pessoa mais positiva. 

*Não precisa saber desenhar
Relaxa, saber desenhar não é uma regra pra quem quer começar um bullet journal. Alguns são realmente mais elaborados e fazem uso de diversos tipos de caneta e colagens, mas você pode fazer exatamente do seu jeito. Lembrando que quanto mais prático for, melhor, já que a ideia é justamente te ajudar com a rotina. 

Agora eu quero saber o que você achou! Sentiu vontade de começar um bullet journal? Quer mais conteúdo de organização aqui no blog? Então me conta pra eu trazer sempre coisas legais aqui. Beijos! <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário