O carnaval prossegue - Do papel para o mundo

14 de março de 2019

O carnaval prossegue

O carnaval prossegue
Uma estranha talvez soubesse lidar
Um viciado, talvez
Ou quem sabe uma mãe, corajosa
Mas eu não passo de uma...
Uma o quê?
Nem eu sei

Há partes de mim que são um segredo
E você poderia desvendar, cada linha
Se ousasse ficar além do corpo que te mantém em pé
Mas você não sabe ou não quer

Então dança feito criança na rua
Sem medo ou algum tipo de pudor
Pois sabe que ninguém jamais irá lhe parar
E o corpo é seu, e as regras também

Não peço que pare o seu musical
Muito menos o seu teatro
Só não quero ser fantoche
Nem peça de quebra-cabeça
A minha já dói muito

Enquanto você disfarça
Eu me desfaço
E perco o chão
O carnaval prossegue


Bárbara Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário